Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008
ETERNOS

 

Farei sempre o impossível
Para que nunca desperte deste sonho
Que eu lhe dei meu doce anjo
Lindo sonho!
Como uma sonata de chopin

Intenso e perfeito a cada nota
Que nossa música nunca pare...

E se o vento por ironia do destino
Tentar levar os bons momentos de amor
Como leva as folhas secas no outono
Prometo-lhe
Juntá-los do chão um a um

E se o vento agora aliado ao tempo
Novamente carregar
O amor de minha memória
Como a madeira velha do meu piano
Ainda restará a sua recordação
Tua alma suprirá a minha
Porque como uma melodia perfeita
Somos um só
Meu eterno amor...

 

Cleópatra


...:

publicado por Cleópatra às 19:02
link do post | Comentar | favorito
|


Profile
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Poesias recentes

LAÇOS ETERNOS

...

FANATISMO

AMOR NAZISTA

PUS O MEU SONHO NUM NAVIO

PELE TROPICANA

O MAPA

PARTITURA DIVINA

SER POETA

TERRA E MAR

Baú da Poesia

Setembro 2008

Julho 2008

Fevereiro 2008

tags

todas as tags


Links
Pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds